Sorry, you need to enable JavaScript to visit this website.

Events
Webinar "Proteção Social e o Fortalecimento da Agricultura Familiar"

O terceiro seminário virtual da série "A Experiência Brasileira em Programas de Proteção Social” - e o primeiro em francês - ocorreu no dia 1º de dezembro de 2016. Veja abaixo um resumo das discussões e a gravação

A importância da integração entre o apoio à agricultura familiar e os sistemas nacionais de proteção social foi o tema principal do webinar Proteção Social e o Fortalecimento da Agricultura Familiar, realizado no dia 1º de dezembro pela Iniciativa Brasileira de Aprendizagem por um Mundo sem Pobreza (World without Poverty, WWP) em parceria com a plataforma socialprotection.org. Por meio dos exemplos de Brasil e Senegal, os painelistas mostraram como os dois países se beneficiam ao coordenar as estratégias em ambas as áreas (veja a gravação integral do webinar ao final).

“Nós não estamos dizendo que a proteção social vai substituir a agricultura familiar e que tudo será resolvido. Ao contrário, é uma questão de reconhecer e trabalhar para que a proteção social e o apoio à agricultura familiar possam melhor se completar e se reforçar mutuamente”, afirmou Darana Souza, Oficial de Proteção Social da Divisão de Políticas Sociais e Instituições Rurais da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO).

Em sua apresentação, ela explicou as condições para integrar ambas as áreas, detalhando o caso brasileiro com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), que desde 2003 destina alimentos a pessoas em situação de vulnerabilidade e fortalece a agricultura familiar por meio de compras públicas.

Acesse a apresentação do webinar em PDF (em francês)

Os laços entre Brasil e Senegal são particularmente fortes na área de segurança nutricional. O país africano se inspirou no PAA brasileiro para começar em 2012 um projeto piloto em uma de suas regiões mais pobres contando com o apoio do PAA Africa, iniciativa internacional implementada em cinco países do continente.

Desde a criação do Programa Senegal Emergente – que traça os rumos de desenvolvimento humano e econômico do país até 2035 – o Senegal tem evoluído na criação de um sistema integrado de proteção social. O programa chave é a Bolsa de Seguridade Social (Bourse de securité familiale), cuja interseção com as demais políticas foi detalhada na apresentação de Amadou Kanar Diop, chefe de operações da Delegação Geral de Proteção Social e Solidariedade Nacional da Presidência da República do Senegal. 

“(O objetivo é) não ter um projeto que se interessa somente à produção agrícola, um projeto que se interessa à segurança alimentar e um outro que considere somente à proteção social. Mass um projeto que na sua elaboração e estruturação permita de levar em conta esses três aspectos”, afirmou Amadou.

Esse webinar foi o terceiro da série “A Experiência Brasileira em Programas de Proteção Social” e o primeiro ocorrido em francês, idioma no qual em breve será disponibilizado todo o conteúdo do WWP. O próximo seminário virtual está previsto para o final de janeiro. Para saber mais em primeira mão, assine a Newsletter trimestral da iniciativa.

 

Conheça os participantes do webinar

Painelista 1
Amadou Diop Kanar
Chefe de operações da Delegação Geral de Proteção Social e Solidariedade Nacional / Presidência da República do Senegal
Mestre em Sociologia Aplicada à Avaliação de Políticas Públicas da Universidade de Tours e em Comunicação pela Universidade de Lyon, Amadou trabalha há mais de 10 anos no monitoramento, avaliação e gestão do conhecimento de projetos e programas de desenvolvimento. Entre outros, ele garantiu o M&A do Programa de Serviços Agrícolas e Organização do Produtor do Ministério da Agricultura do Senegal (2007-2011). Foi Secretário Executivo da Federação Africana de Atores do Comércio de Insumos Agrícolas no Mali (2003- 2005) e responsável pela Comunicação da Companhia Nacional do Rhône. Desde 2013, Amadou monitora as operações do programa de transferência de renda do Senegal (Bourses de Sécurité Familiale).

Painelista 2
Darana Souza
Oficial de Proteção Social da Divisão de Políticas Sociais e Instituições Rurais da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO)
Com mais de 10 anos de experiência em políticas sociais, desenvolvimento rural e segurança alimentar na América Latina, África e Ásia, Darana fez contribuições técnicas ao Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome e o Ministério do Desenvolvimento Agrário, no Brasil. Ela também coordenou projetos de colaboração Brasil-África, incluindo a participação do Senegal. Antes de ingressar na FAO, Darana também trabalhou no Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG/PNUD), no Programa Mundial de Alimentos (PMA), Ação contra a Fome (ACF), entre outros. Ela possui um mestrado em desenvolvimento sustentável e agricultura e uma licenciatura em ciências sociais.

Moderador
Mario Györi
Pesquisador Associado do Centro Internacional de Políticas para o Crescimento Inclusivo (IPC-IG)
O trabalho de Mario se concentra em programas de proteção social e no monitoramento e avaliação de políticas públicas. Ele está envolvido principalmente no M&A do projeto PAA África, um programa combinado de alimentação escolar e apoio agrícola implementado em cinco países africanos. Seu mais recente projeto de pesquisa investiga os impactos de uma campanha de comunicação para melhorar a saúde infantil nas zonas rurais de Moçambique. Mario é doutorando no Departamento de Política Social da London School of Economics. É mestre em Economia do Desenvolvimento pela Universidade de Lund (Suécia) e pela Universidade Carlos III de Madrid (Espanha). Antes de ingressar no IPC-IG, acumulou experiência profissional na Embaixada da Alemanha em Buenos Aires, na OCDE e na ONG "Inovações para a Ação contra a Pobreza", em Lima, Peru.

 

Vídeo (íntegra do webinar)